Ferrari acidentado de Ronaldo vendido na Net

O Ferrari acidentado de Cristiano Ronaldo será vendido no eBay, após um acordo entre o proprietário da viatura e o sítio de leilões na Internet que tinha interrompido a venda, afirmou esta quinta feira o advogado do vendedor.

"Foi o fim de toda a operação, estamos muito satisfeitos por termos sido capazes de chegar a este acordo", afirmou à agência France Presse Renaud Bettcher, advogado da Star Autos, a garagem dos arredores de Estrasburgo autora do anúncio.

Em janeiro de 2009, Cristiano Ronaldo destruiu a parte dianteira da viatura, avaliada em cerca de 300.000 euros, ao embater na proteção lateral de um túnel de Manchester, nas imediações do aeroporto da cidade, depois de ter perdido o controlo do Ferrari.

O advogado confirmou que o eBay receberá uma compensação monetária, cujo montante será mantido confidencial, mas que segundo o jornal diário francês Les Dernières Nouvelles d'Alsace deverá rondar os 20 mil euros.

O leilão da viatura chegou a ser interrompido "por motivos de segurança" e o receio de que se tratasse de um anúncio falso levo a que fossem pedidas provas, à Star Autos, dos antigos proprietários, que foram enviados, segundo Renaud Bettcher, que não precisou a data para que a venda seja retomada.

O vendedor de veículos acidentados, que adquiriu o Ferrari a um português por cerca de 33 mil euros, colocou a viatura à venda por 50 mil euros, mas, quando foi interrompida, a licitação estava nos 125 mil.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular