O blog que estuda a filosofia de Guardiola

Paradigma Guardiola foi criado por um argentino para dar a conhecer tudo sobre a forma de jogo defendida pelo técnico do Barça

É ideia universal que ninguém espelha e interpreta tão bem o espírito de um clube como Guardiola no Barcelona. Pep transporta com ele o paradigma do bom futebol e é natural que seja modelo de admiração e estudo. Desde a Argentina, foi ganhando fama na internet um blog. Precisamente Paradigma Guardiola, um tratado sobre o pensamento, modelo de jogo, variações tácticas e um sem fim de vertentes minuciosas sobre esta equipa do Barça e o seu treinador.

O seu autor, Mattias Manna, um argentino de 28 anos nascido em Santa Fé mas a viver em Rosario (terra de Messi), para quem Guardiola é objecto de admiração e estudo desde a adolescência. "Tinha uns 7 ou 8 anos quando começaram a transmitir os jogos da liga espanhola na Argentina, nos primeiros anos da década de 90, e isso coincidiu com aquela maravilhosa equipa de Johan Cruyff e Carlos Rexach, o dream team. Encantei-me por essa equipa e, como comecei a jogar como médio centro na equipa do meu bairro, apreciava em especial Guardiola, que me surpreendia pela sua visão de jogo e capacidade intelectual. Depois, com a internet, comecei a ler os diários catalães e a acompanhar o que ele afirmava publicamente, sempre em defesa de um estilo de jogo demarcado pela escola holandesa e pela identidade do Barcelona. Quase ninguém defendia essas ideias como futebolista. E isso cativou-me", explica Manna numa troca de e-mails com o DN.

Por isso, o blog nasceu bem antes ainda de Guardiola chegar a técnico principal do Barça. Licenciado em jornalismo, mas desgostoso com o jornalismo desportivo, Mattias orientou a sua formação para o futebol. E, sobretudo, dentro do futebol, para esse paradigma Guardiola. O seu blog foi espalhando fama e conquistando seguidores. Tornou-se uma espécie de academia para treinadores. E até de Portugal recebe interesse no seu trabalho, nas suas ideias, ou... nas ideias de Guardiola. "Sim, escrevem-me muitos treinadores. De Portugal comunicam-se muito comigo, afortunadamente. Pessoas do FC Porto e do Benfica, por exemplo".

Mattias está agora prestes a receber o diploma de treinador pela Federação Argentina. E o sonho, claro, seria integrar uma equipa técnica de Guardiola, confesso admirador do seu blog e com quem se comunica por vezes. "Não muito, porque também não quero ser incómodo", diz.

Com tão profundo conhecimento deste Barça, o blog de Mattias é uma boa fonte de estudo para qualquer adversário da equipa catalã. O argentino dispensa-se a dar conselhos ao FC Porto - "já deve ter a sua ideia em relação a este jogo". E mostra-se também um admirador do campeão nacional.

"Vi jogos contra Guimarães e Gil Vicente e continuam a jogar muito bem.Exemplo disso é a evolução do central argentino Otamendí, antes um defesa que não sabia sair a jogar com a bola e que agora consegue fazê-lo e criar superioridade com a condução de bola. Conheço e estudo bem o trabalho que se faz no Dragão e gosto muito de como trabalham nas divisões inferiores", expões Mattias, para quem o Barça vai hoje enfrentar "um dos meio-campos que mais se assemelham ao seu, já que Guarin, Moutinho e Souza são muito bons e os movimentos colectivos estão muito bem treinados". Além disso, diz, "tem um dos melhores guarda-redes da Europa a jogar com os pés e extremos fortes e rápidos como Hulk e Varela".

Últimas notícias

Mais popular

  • no dn.pt
  • Desporto
Pub
Pub