Festival de Ano Novo em cafés, museu e biblioteca

Cafés, uma torre medieval, biblioteca, museu e teatros vão ser palco para os 41 concertos do Festival de Ano Novo (FAN) que decorre em Janeiro, em Vila Real e Bragança, para divulgar a música clássica pela região.

O director do teatro de Vila Real, Vítor Nogueira, disse hoje que o FAN arranca a 01 de Janeiro com um concerto que dá as boas vindas ao novo ano e que será protagonizado pela Camerata NoVNorte, um ensemble de cordas que conta com dezassete instrumentistas.

O destaque desta sexta edição vai para os concertos do pianista Pedro Burmester. Em Trás-os-Montes atuam ainda os quartetos Portocello e Quinta Corda.

Sob o lema, "Música séria para gente divertida", o FAN pretende chegar a públicos de todas as idades e de todos os gostos e ao mesmo tempo incentivar o turismo cultural neste território.

É que, para além de ser um festival de música clássica, Vítor Nogueira salientou que o certame se "constitui também como um roteiro turístico e cultural", com três objectivos fundamentais: proporcionar um acesso descontraído à música erudita, descentralizar geograficamente a oferta de espectáculos e dinamizar espaços de interesse histórico, arquitectónico e cultural.

Os palcos escolhidos são a Torre de Quintela, uma torre medieval localizada em Vila Marim (Vila Real) que foi erguida sobre um maciço rochoso e está classificada como monumento nacional desde 1910. Ainda o Museu da Vila Velha e a Biblioteca de Vila Real, edifícios projectados pelo arquitecto Belém Lima, bem como os teatros de Vila Real e Bragança.

Nesta edição do FAN a novidade é a rubrica "Café Vienense", que apresentará pequenos concertos informais em cinco cafés do centro histórico de Vila Real e ainda no café concerto do teatro municipal.

Procura-se assim, segundo o responsável, ir ao encontro de "públicos inesperados", evocando simultaneamente o espírito de Viena de Áustria com um repertório baseado nas valsas de Johann Strauss.

Para os mais pequenos a organização preparou duas propostas: "AliBaBach", um espectáculo da Companhia de Música Teatral dirigido a bebés acompanhados pelos pais, e os "Concertinhos", dirigidos ao público escolar e que, este ano, decorrerão nos estabelecimentos de ensino.

Organizado pelos teatros de Vila Real e Bragança, o FAN decorre durante todo o mês de Janeiro, apostando em espectáculos durante o dia.

Esta edição conta com um orçamento de cerca de 30 mil euros.

Para 2012, o Teatro de Vila Real vai sofrer uma diminuição no seu orçamento que se poderá repercutir na quantidade de espectáculos a programar mas não, segundo salientou Vítor Nogueira, na qualidade.

Últimas notícias

Avisos de ondas de 14 metros, alerta para neve em onze distritos, linha da Beira Alta cortada, inundações, estradas cortadas, deslizamentos de terras, Aveiro é distrito mais afetado, seguindo-se Braga, Coimbra e Porto. Há reforço de vigilância no rio Douro, Coimbra já ativou plano de emergência, baixa de Águeda está inundada. Há dez distritos sob aviso laranja. Sete estão em alerta máximo.

Partilhar

Mais popular