Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias



Guangdong

Salário mínimo em província chinesa vai aumentar 18,6%

por Lusa  

A província chinesa de Guangdong, a principal exportadora da "maior fábrica do mundo", vai aumentar o salário mínimo em 18,6%, depois de uma subida de 20 por cento em maio de 2010, anunciou o governo local.

Em Cantão, a capital da província, o salário mínimo vai aumentar de 1100 yuan (124 euros) para 1300 yuan (146 euros), refere o governo de Guangdong na sua página electrónica. A maioria das províncias e dos municípios da China aumentaram em 2010 o valor do salário mínimo num ano em que a inflação atingiu os 3,3%.

Em Pequim, o salário mínimo aumentou a 01 de Janeiro cerca de 20% para 1160 yuan (133 euros), tratando-se do segundo aumento em apenas seis meses, coincidindo com a subida da inflação, que, em Novembro, atingiu o valor mais elevado dos últimos 28 meses (5,1%).

Em Guangdong, que em 2009 foi responsável por cerca de 30% das exportações chinesas, existem dezenas de milhões de trabalhadores migrantes que deixaram as regiões mais pobres do interior do país em busca de melhores salários, constituindo a maioria da mão de obra das fábricas daquela província. Porém, os empregadores de Guangdong estão a enfrentar, como os de outras regiões costeiras da China, cada vez maiores dificuldades em recrutarem trabalhadores, perante o aumento do custo de vida, que tem levado muitos migrantes a regressarem às suas terras natal, onde as actividades se têm desenvolvido devido a uma melhoria das infraestruturas.

O salário mínimo na China, cujo montante é fixado por cada província ou pelos grandes municípios directamente dependentes do governo central, foi instituído em meados na década de 1990. A economia chinesa é a segunda maior do mundo, a seguir à dos Estados Unidos e este ano deverá crescer cerca de 10%. O Produto Interno Bruto (PIB) per capita, no entanto, é inferior a 4000 dólares, ocupando o 104º lugar do mundo.


Patrocínio
 
7360Visualizações
53Impressões
3Comentários
1Envio
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
Comentar

Caracteres disponíveis: 750

Receber alerta de resposta Aparecer como Anónimo
Lembrar dados pessoais
  • Comentar

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O DN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Receber alerta de resposta - será enviado um alerta para o seu e-mail sempre que houver uma resposta ao seu comentário. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados. Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

Se tem conta, faça Login

Email

Password

Legenda

Utilizador RegistadoUtilizador Registado    Utilizador Não RegistadoUtilizador Não Registado





PUB

Especiais

Recuar
Avançar
EntrepostoCRP SemanaCliente - DN 300x100
BT Edições Multimédia
Epaper
Ocasião/Zaask - Destaque 300x100 DN



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

O PS devia dizer já como reestruturar a dívida?

Sim
Não
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper