Cenas de uma violência sem palavras

A Tribo de Myroslav Slaboshpytskiy

"A Tribo", Myroslav Slaboshpitskyi

Premiado na Semana da Crítica, na edição de 2014 do Festival de Cannes, eis um filme de origem ucraniana capaz de desafiar qualquer tentativa de descrição. Desde logo, pela carga de violência, da agressão física à prostituição, que marca todas as relações que descobrimos no interior de uma escola. Depois, pelo facto de tal escola ser destinada apenas a alunos surdos-mudos, numa perturbação dramática tanto mais envolvente quanto acontece, literalmente, sem palavras.

Podia ser uma narrativa encalhada numa fácil mensagem "simbólica", mas é tão só a crónica realista de um mundo de muitos corredores, agressões e angústias em que são testados os próprios limites da natureza humana. Se ainda há filmes completamente exteriores aos padrões dominantes do mercado, este é, seguramente, um desses filmes.

Classificação: *** (bom)

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Artes
Pub
Pub