Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Web

Facebook e LinkedIn prometem reforçar privacidade

 

As redes estão a tentar encontrar soluções para o roubo de identidades dos seus utilizadores
As redes estão a tentar encontrar soluções para o roubo de identidades dos seus utilizadores Fotografia © Thomas Hodel/Reuters

Redes sociais vão alterar as suas políticas de segurança para evitar o crescente número de roubo de dados dos seus utilizadores.

O Facebook e o LinkedIn concordaram em reforçar as suas equipas de privacidade, depois do crescente número de casos que foram reportados, nos últimos tempos, de roubo de dados e violação de segurança dos usuários.

A última delas, por exemplo, levou à divulgação de milhões de passwords de utilizadores do LinkedIn, que tem cerca de 100 milhões de utilizadores.

A informação foi dada pela Comissão de Proteção de Dados na Irlanda, onde está localizada a sede do Facebook que "cuida" de todos os usuários da rede social, excepto os dos EUA e Canadá.

A rede social concordou, em dezembro último, em rever o seu sistema de privacidade, depois do regulador irlandês ter frisado que as políticas de Mark Zuckerberg eram "complexas e pouco transparentes".


Patrocínio
 
3719Visualizações
0Impressões
0Comentários
0Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 


PUB
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - DN Destaque

Especiais

Recuar
Avançar
Conferência 3º Aniv DV - DN Destaque Évora (Mar2015)
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - DN Destaque
Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Epaper



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

Que resultado aposta para o Portugal - Sérvia de hoje?

Vence Portugal
Empatam
Vence a Sérvia
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper