Publicidade
Diário de Notícias Diário de Notícias


Jerónimo de Sousa sobre moção de censura

"PS e direita dão um valor supremo à estabilidade política"

por Lusa  

"PS e direita dão um valor supremo à estabilidade política"
Fotografia © Steven Governo/Global Imagens

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou sexta-feira à noite que é "incompreensível que o PS invoque o argumento da estabilidade política", ao falar sobre a moção de censura ao Governo no Parlamento.

"Vem o PS, o PSD e o CDS invocar que a moção de censura pode colidir com a estabilidade política. Não se estranha a posição dos partidos de Governo, mas já é incompreensível que o PS venha invocar esse argumento", disse, durante um comício em Almada.

Jerónimo de Sousa, que estava acompanhado pelo secretário-geral do Partido Comunista Espanhol, José Luís Centella, referiu que o PS não está preocupado com "os milhões de portugueses com a vida destruída".

"Não se preocupa o PS com a desestabilização social, com aqueles milhões de portugueses com a vida destruída ou transformada num inferno que são resultado desta política, injusta, classista e desastrosa", defendeu.

"O PS e a direita dão um valor supremo à estabilidade política", acusou.

O PCP anunciou sexta-feira uma moção de censura ao Governo, liderado por Pedro Passos Coelho, que segundo Jerónimo de Sousa, é "expressão e sequência do protesto e da luta dos trabalhadores e do povo".


Ler Artigo Completo(Pág.1/2) Página seguinte
Patrocínio
 
5551Visualizações
1 Impressão
296Comentários
2Envios
Ferramentas

Enviar por EmailEnviar por EmailPartilharPartilhar
ImprimirImprimir
Aumentar TextoAumentar TextoDiminuir TextoDiminuir Texto

FERRAMENTAS
 
  • Enviar por EmailEnviar
  • PartilharPartilhar
  • ImprimirImprimir
  • Comentar este ArtigoComentar este Artigo
  • Aumentar TextoAumentar Texto
  • Diminuir TextoDiminuir Texto
 
PARTILHAR NOTíCIA
 
RELACIONADO
 


PUB

NOTÍCIAS Mais VISTAS

Continente UVA D'OURO 2015 DN 300x100
Btn EdMultimedia - Geral



PUBLICIDADE

sondagem

Inquérito DN

PSD e CDS dizem que podem tornar a economia portuguesa numa das dez mais competitivas do Mundo

É possível. Se forem eleitos e o seu programa for cumprido
É impossível. Não passa de propaganda eleitoral
Votar  Ver Resultados



DN

Epaper

Epaper